Projeto de viabilidade econômica

Qualquer empreendimento envolve certo risco. Diversos fatores internos e externos contribuem para garantir o sucesso de uma iniciativa. Apesar da imprevisibilidade, existem alguns métodos que podem ajudar a estimar a chance de sucesso. No caso do lançamento de uma nova planta, como os valores são bem altos, é preciso fazer um projeto de viabilidade econômica bem minucioso. Vamos ver como fazer isso, passo-a-passo.

A análise mercadológica

O primeiro passo para verificar a viabilidade econômica de uma nova planta é avaliar se existe o interesse do público nas redondezas. Por isso, é fundamental fazer uma pesquisa mercadológica. O ideal é que haja um cruzamento de informações. Por exemplo, é preciso que o seu cliente ideal tenha interesse em morar no bairro escolhido, e que este tenha uma infraestrutura compatível com a qualidade de vida esperada por ele.

Se houver uma discordância muito grande no interesse do público, a planta está praticamente condenada ao fracasso.

As despesas

Para garantir a viabilidade econômica, ou seja, o lucro é preciso garantir também a viabilidade financeira. Essa ocorre quando o fluxo de caixa de um investimento é positivo, ou seja, existe sempre dinheiro disponível para as despesas esperadas. Em um projeto na planta, diversas despesas como publicidade, corretagem, custos da aquisição do terreno e é claro, todos os valores esperados da obra, devem ser levados em consideração e garantir que sempre irá haver dinheiro em caixa para arcar com eles.

O Break Even

Uma vez que o interesse do público esteja garantido é preciso estimar o retorno do investimento. No caso das plantas é uma situação interessante, pois a construtora quer esperar para que haja o máximo número de compradores antes de finalizar o trabalho, mas por outro lado, os compradores se sentem mais seguros quando têm garantia de que a construção será finalizada. Como forma de incentivo, pode ser cobrada apenas uma parcela do apartamento.

É preciso encontrar um equilíbrio. Para quem faz o lançamento pode ser determinado um valor mínimo, o Break Even, para garantir que a obra se torne viável e não ocorram as perdas mediante as despesas. É uma meta que quando atingida pode garantir que o trabalho siga adiante.

A validade do retorno

Por fim, a expectativa de retorno do investimento também é um aspecto fundamental. No lançamento de uma nova planta, esse caso também é muito específico. Pagamentos à vista são sempre preferidos, pois já significam uma garantia do retorno e devem ser incentivados ao máximo. Por outro lado, são mais incomuns, pois dificilmente as pessoas estão dispostas a bancar um valor tão alto de uma vez.

Na maioria dos casos é feito o financiamento e o valor do retorno é medido ao fim do pagamento total. É preciso avaliar se o tempo de pagamento é aceitável para o investimento inicial que será gasto com a construção e as despesas.

Uma forma de medir isso é avaliando preços de imóveis na região, considerando que na planta eles são mais baratos, e avaliando o interesse do público.

O projeto de viabilidade econômica no lançamento de uma planta é vital para garantir o seu sucesso e o seu retorno. São muitas variáveis que podem contribuir para essa avaliação, por isso, se precisar de ajuda, confira no nosso site soluções de consultoria financeira.